Lulu Santos e o Déjà Vu

Olá galera!

Hoje de manhã conversei com o Lulu Santos (o cantor) e  ele destacou com muita sensibilidade algumas passagens sobre o fenômeno do Déjà Vu que me fizeram pensar. Queria compartilhar com vocês:

“Olha meu bem no céu. Vê quanta luz, quanta estrela. Quase todas mortas. Só não é chegado para nós o tempo em que se apagarão. A gente tá na lanterna do tempo que virá.[1]

“Eu vejo um novo começo de era de gente fina, elegante, sincera. Com habilidade pra dizer mais sim do que não. Hoje o tempo voa amor, escorre pelas mãos. Mesmo sem se sentir. E não há tempo que volte amor. Vamos viver tudo o que há pra viver. Vamos nos permitir…”[2]

“No espelho dessas águas, vejo a face luminosa no amor. As ondas vão e vêem e vão e são como o tempo. Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia. Tudo passa, tudo sempre passará. A vida vêem em ondas como um mar. No indo e vindo infinito. Tudo o que se vê não é igual ao que a gente viu a um segundo, tudo muda o tempo todo no mundo. Não adiantar fugir, nem mentir pra si mesmo agora. Há tanta vida lá fora. Aqui dentro senti como uma onda no mar. Como uma onda no mar.[3]


[1] Tempo – Espaço

[2] Tempos Modernos

[3] Como Uma Onda

~ por felipecarrelli em 31/05/2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: